Select Page

Termo inglês (do italiano carola) para um tipo de canto ou hino de carácter religioso e festivo, que está ligado às celebrações natalícias, como os Christmas Carols, e pascais. São sinónimos deste termo, o francês noël (registado desde o século XVI e derivado do latim natalis) e o alemão Weihnachtslied. Originalmente ligados às danças em roda, nas quais eram cantados, os carols pertencem também à história ancestral da Igreja. Durante a Idade Média, o género dizia respeito a cantos seculares de amor ou sátira. Os mais antigos carols que se conhecem datam dos séculos XV e XVI (em 1521, Wynkyn de Worde, discípulo de Caxton, editou a primeira colecção de carols natalícios). Já no século seguinte, alguns poetas ainda cultivam o género, como Milton, no célebre hino: Nativity. De notar, que estes cantos festivos se tornaram populares entre o público infantil, desde o século XIX, sobretudo quando antiquários ingleses de música conseguiram recuperar um pouco por toda a Europa composições antigas a que adaptaram letras em inglês, acessíveis a todo o público.

{bibliografia}

E. Routley: The English Carol (1959); The Oxford Book of Carols (1928); R. L: Greene: The Early English Carols (1935).