Select Page

Também chamada kitchen-sink drama, é um tipo de comédia centrada na vida doméstica das classes média e média-baixa, em regra, com episódios mundanos e uma linguagem próxima da coloquialidade característica dessas classes. The Taming of the Shrew (1592), de Shakespeare, é um exemplo clássico. Look Back in Anger (1956), de John Osborne é um dos melhores exemplos contemporâneos do género, com um cenário único de um pequeno apartamento onde jovens personagens de classe média, que não são heróis de coisa nenhuma nem representantes de castas superiores de intelectuais, passam o tempo a comentar a vida fútil que levam e as suas relações humanas e amorosas trocadas e sem respeito a valores morais. O teatro de Harold Pinter também explora este género literário que marcou o teatro britânico após a II Guerra Mundial.

{bibliografia}

Lynette Carpenter: “Domestic Comedy, Black Comedy, and Real Life: Shirley Jackson, a Woman Writer”, in Alice Kessler Harris e William McBrien (eds.): Faith of a (Woman) Writer (1988); Roger B. Henkle: “From Pooter to Pinter: Domestic Comedy and Vulnerability”, Critical Quarterly, 16 (1974).