Select Page

Elemento nuclear da teoria do drama brechtiano, em alemão Verfremdungseffekt, traduzido vulgarmente por distanciação ou efeito de alienação (abreviado para efeito-A), para ilustrar aquele efeito de distanciação ou alienação que o drama deve produzir entre o público e os actores da representação teatral e o próprio texto da representação. O público devia ser alertado ocasionalmente para o valor puramente artístico da obra dramática representada, que pretende ser uma expressão teatral da vida e não uma rigorosa descrição dos factos da realidade. O fenómeno de identificação dos espectadores com as personagens dramáticas devia ser acautelado, o mesmo se aplicaria à distância entre os actores e o texto representado. Todos os elementos da representação (cenários, guarda-roupa, sonoplastia, etc.) podem ajudar a criar este efeito de alienação. Este conceito está na origem de um género de teatro, o teatro épico, que Brecht ajudou divulgar.

{bibliografia}

B. Brecht: Écrits sur le théâtre, 2 vols. (Paris, 1972); J.-J. Roubine: Introduction aux grandes théories du théâtre (1990)