Select Page

Característica do texto literário que, realçando certas particularidades da linguagem, permite a concretização plena do tema tratado. Um texto é expressivo quanto maior for a intervenção de certos elementos controláveis pela competência linguística e literária do seu autor, ou, por outras palavras, quanto maior for a incidência de mecanismos retóricos que façam destacar a linguagem literária com benefício para a compreensão da mensagem. Yuri Shcheglov e Alexander Zholkovsky (1987) identificaram dez mecanismos fundamentais para obter a expressividade num discurso literário: aditamento, combinação, concórdia, concretização, contraste, divisão, preparação, repetição, redução e variação. Cada um destes artifícios de expressividade produz um determinado efeito ou uma combinação de efeitos. O aditamento, por exemplo, funciona como uma figura de transformação superior, em que um elemento X ("amor") é substituído por um elemento superior X! ("amor à primeira vista"), que acrescenta um certo efeito de intensidade.

{bibliografia}

Alexander Zholkovsky: Themes and Texts; Toward a Poetics of Expressiveness (1984); Yuri Shcheglov e Alexander Zholkovsky: Poetics of Expressiveness: A Theory and Applications (1987)