Select Page

Classifica-se deste modo uma palavra, frase, linha em verso, ou número, que (se ignorados os espaços entre as palavras e/ou a pontuação), permitam a sua leitura, mantendo sentido unívoco, uma vez lidas da esquerda para a direita, ou da direita para a esquerda. «Ovo», «Atai a gaiola saloia gaiata», «525», são exemplos de palíndromos.

Alguns escritores poderão recorrer aos versos palíndrómicos como um mero exercício verbal que permita ao leitor o entretenimento mental, não são no entanto considerados como uma técnica que vise enriquecer a literatura.

Jogando com «One TS Eliot» obtemos «étoile steno», e outros exemplos seriam: «Go hang a salami, I’m a lasagna hog.» ou «I made tart surf net, for often frustrated am I».

Muito vulgarmente, pode observar-se o recurso a palíndromos, inseridos num jogo de puro passatempo, a par com o cruzadismo de palavras, os quebra-cabeças, os aritgramas ou os anagramas, entre outros.