Select Page

Compilação ou antologia de textos literários. Nesta acepção, o termo surge no século XVII e é hoje considerado de uso arcaico. Serve os mesmos propósitos de uma antologia de textos pessoais, normalmente poesia, ou de textos (excertos, em regra) relevantes em prosa de uma autor. Registam-se no século XIX, em particular, várias selectas de poesia, como o Florilegio da poesia brasileira, ou collecçao das mais notaveis composiçoes dos poetas brasileiros fallecidos, contendo as biographias de muitos d’elles, compilado por Francisco Adolpho de Varnhagem (3 vols., 1850-1872), embora a prática também se estenda a textos não literários, como o Florilegio de maximas e sentenças mais notaveis, tanto moraes como religiosas de todos os povos, ou moral universal, seguido de uma colleccao de pensamentos… de um conjuncto anedotico… e de rigorosos conselhos a mocidade (1852).