Select Page

Ou ‘pasquinada’ (do italiano ‘pasquinata’), termo derivado do nome Pasquino, ou Pasquillo, de uma estátua encontrada em Roma no ano de 1501, na qual durante certo tempo se tornou costume suspender sátiras de tom insultuoso contra um alvo pessoal identificado. Por extensão de uso, o termo passou a referir qualquer texto satírico, em verso ou prosa, envolvendo grosseira ou maliciosa ridicularização, as Pasquinadas: Jornal dum Vagabundo (1890), de Fialho de Almeida.