Select Page

Do grego prolegómena, “coisas que são ditas antes”, é o nome que se dá a um longo discurso de caráter literário, estético ou científico que antecede uma determinada obra escrita ou que introduz os princípios gerais de uma ciência ou arte. No campo da Lingüística, seu uso com inicial maiúscula refere a obra de Louis Hjelmslev, Prolegómenos a una teoría del lenguaje, embora não seja um emprego singular (na área da Literatura, por exemplo, temos os excelentes Prolegomena zu einer Theorie der Literaturwissenschaft, de J. Ihwe). Seu uso, entretanto, nâo abrange largo espectro, já que a maior parte dos estudiosos optam por “introdução” nesses casos (veja-se o grande número de obras publicadas com o título de Introdução à.Literatura, …à Semântica,…à Lingüística, etc.).

{bibliografia}

António de Morais Silva: Grande dicionário da Língua Portuguesa, vol. VIII, p. 752. (Lisboa, 1955); Louis Hjelmslev: Prolegómenos a una teoría del lenguaje (Madrid, 1971).